A gravidez na adolescência pode trazer consequências emocionais, sociais e econômicas para a saúde da mãe e do filho. Segundo a organização mundial de saúde (OMS) A gravidez na adolescência é considerada a que ocorre entre os 10 e 20 anos.

.
😭 CONSEQUÊNCIAS E RISCOS: Evasão escolar, mortalidade materna, riscos à saúde (ex.: ruptura do colo do útero) e aborto natural são algumas das cosneguencias da gravidez na adolescência
.
🇧🇷 VEJA ALGUNS DADOS NO BRASIL:
.
No ano de 2010 um relatório divulgado por um órgão ligado à ONU indica que 12% das adolescentes entre 15 e 19 anos tinham pelo menos um filho;
.
O Brasil tem 21 milhões de adolescentes com idade entre 12 e 17 anos, sendo que cerca de 300 mil crianças nascem de mães nessa faixa etária;
.
Em pesquisa realizada pela ONU, o Brasil tem 68,4 bebês nascidos de mães adolescentes a cada mil meninas de 15 a 19 anos.
.
📊 FATORES: Há diversos fatores de natureza objetiva e subjetiva que levam à gravidez no início da vida reprodutiva, tais como:
.
-Falta de conhecimento adequado dos métodos contraceptivos e como usá-los;
.
-Dificuldade de acesso a esses métodos por parte do adolescente;
.
-Dificuldade e vergonha das meninas em solicitar o uso do preservativo pelo parceiro;
.
-Ingenuidade e submissão;
.
-Violência;
.
-Abandono;
.
-Desejo de estabelecer uma relação estável com o parceiro;
.
-Forte desejo pela maternidade, com expectativa de mudança social e de obtenção de autonomia através da maternidade;
.
-Meninas com início da vida sexual cada vez mais precoce.
.
🧸🤰🏻 COMO EVITAR A GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA?
.
A melhor forma de evitar a gravidez na adolescência é se informar adequadamente e conhecer o próprio corpo e do parceiro antes de começar a vida sexual.
Meninos e meninas devem se informar sobre os métodos anticoncepcionais. A camisinha é o mais comum, mais barato e mais fácil de utilizar. Além da gravidez indesejada, ela também protege contra as doenças sexualmente transmissíveis.

DECOM - DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO